MINHA CASA MINHA VIDA 2019: COMO SE INSCREVER? COMO FUNCIONA?


Atualmente, inúmeras pessoas por todo o Brasil possuem o famoso sonho da casa própria.


Com isso em mente, o Governo Federal criou o Programa Minha Casa Minha Vida, onde oferece imóveis próprios com juros mais baixos e com melhores condições de financiamento para as famílias de baixa renda.


Confira aqui como o programa Minha Casa Minha Vida 2019 irá beneficiar tantas famílias a realizarem o sonho da casa própria.

Como funciona o programa Minha Casa Minha Vida 2019?

Como já foi citado, o programa Minha Casa Minha Vida 2019 é uma iniciativa governamental com o intuito de garantir condições atrativas para o financiamento de moradias para famílias de baixa renda. Este projeto, portanto, possui parcerias com estados, municípios, bem como empresas e entidades sem fins lucrativos.

O programa Minha Casa Minha Vida 2019 oferece quatro tipos de benefícios diferentes, que dependem da renda familiar do solicitante. De uma forma geral, são aceitas famílias com renda mensal de até R$ 7.000,00.

Quem tem o direito ao programa Minha Casa Minha Vida 2019?

Todas as famílias com renda familiar de até R$ 7.000,00 podem participar do programa Minha Casa Minha Vida 2019, sendo separadas em quatro faixas para diferenciar o tipo de benefício fornecido. As faixas são as seguintes:

 

  • Faixa 1 à Renda familiar de até R$ 1.800,00;
  • Faixa 1,5 à Renda familiar entre R$ 1.801,00 até R$ 2.600,00;
  • Faixa 2 à Renda familiar entre R$ 2.601,00 até R$ 4.000,00;
  • Faixa 3 à Renda familiar entre R$ 4.001,00 até R$ 7.000,00.

 

O que é preciso fazer para participar do Minha Casa Minha Vida 2019?

Para participar do Programa Minha Casa Minha Vida 2019, o solicitante deve se enquadrar nos seguintes critérios, impostos pelo Governo Federal:

  • Não possuir casa própria, nem financiamento de imóvel em seu nome;
  • Não ser beneficiário de nenhum outro programa e habitação social do governo;
  • Possuir renda familiar mensal de até R$ 7.000,00.

Como fazer a inscrição no Minha Casa Minha Vida 2019?

Para realizar sua inscrição no programa Minha Casa Minha Vida 2019, o solicitante deve, primeiramente, checar sua renda familiar mensal.

Caso seja de até R$ 1.800,00, ele deverá se inscrever na prefeitura da sua cidade, para iniciar o processo de seleção.

No entanto, caso a renda familiar seja superior a R$ 1.800,00, poderá contratar o programa de forma individual, realizando todo o trâmite burocrático nas agências da Caixa.

Ao comparecer na prefeitura ou em um agência da Caixa Econômica Federal, o solicitante deve estar em posse dos seguintes documentos (original e cópia):

  • RG e CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • Comprovante de renda;
  • Extrato do FGTS atualizado, se possuir;
  • Imposto de renda;
  • Se casado, levar os mesmos documentos do cônjuge.

Lembrando que, ao solicitar sua participação no programa Minha Casa Minha Vida 2019, podem ser pedidos documentos adicionais ao solicitante, a depender de cada caso, bem como das entidades organizadoras.

Depois desse processo, as famílias selecionadas são avaliadas pela Caixa Econômica Federal e, posteriormente, comunicadas sobre a data do sorteio das unidades pelo programa Minha Casa Minha Vida 2019.

Quais são os valores do Minha Casa Minha Vida 2019?

Para ter acesso aos benefícios do programa Minha Casa Minha Vida 2019, as famílias, inicialmente, serão enquadradas em quatro faixas distintas, conforme mencionado anteriormente (faixa 1; faixa 1.,5; faixa 2 e faixa 3).

Dessa forma, para cada uma das faixas, um tipo de benefício é fornecido para o financiamento do imóvel pelo programa Minha Casa Minha Vida 2019.

No entanto, vale ressaltar que novos benefícios podem ser adicionados, a depender das negociações entre o solicitante e as entidades organizadoras. Seguem abaixo os benefícios, conforme a faixa em que a família solicitante se encontra:

  •         Faixa 1: financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00 (conforme renda familiar bruta);
  •         Faixa 1,5: taxas de juros do financiamento de apenas 5% ao ano, bem como até 30 anos para pagar e subsídio de até R$ 47.500,00;
  •         Faixa 2: prazo de até 30 anos para pagar o imóvel, bem como subsídios de até R$ 29.000,00;
  •         Faixa 3: taxas de juros diferenciados em relação ao mercado.

Para mais informações procure a caixa econômica mais próxima de sua residência.